|

Métodos de Pagamento de e-commerce no Brasil

Atualmente, temos diversas opções de pagamentos online para lojas eletrônicas no Brasil.

O público brasileiro é bastante adepto às compras online, e toda facilidade na hora de pagar vai ser um grande divisor de águas naquela conversão, afinal o produto pode ser maravilhoso, mas se não puder parcelar, não vai ter venda!

Aqui no Brasil, se você não tem o costume de parcelar, com certeza conhece alguém que tem, isso está no nosso DNA.
É isso mesmo, é cultural. Segundo pesquisas, 79% dos consumidores parcelam as suas compras! Alguns estabelecimentos assumem os juros de parcelamentos, e em outros casos são os clientes, mas, geralmente essa opção é assumida pelo estabelecimento.

Por isso, não é novidade que a operação com cartão de crédito é a opção mais utilizada para compras, em lojas físicas e online, com mais de 60%, seguido por boleto em 15%, carteira digital com 13%, Pix com 8% e outros métodos com 2%*.

No Brasil, algumas empresas oferecem produtos e serviços para serem pagas com a até dois cartões de crédito!

Segundo o SPC Brasil, há em média há 52 milhões de usuários de cartão de crédito, e desse total, quase metade (47%) parcelam as compras com esse meio de

pagamento pelo menos uma vez ao mês, principalmente no caso de roupas (48%),calçados (44%) e eletrodomésticos (44%).

Através do gateway de pagamento, a taxa por venda no cartão de crédito é de R$ 0,40 (valor fixo) + 3,99% a 4,99% do total da venda, conforme o prazo de recebimento e parcelamento.

A maioria dos gateways locais oferecem todas as modalidades de pagamento, e o ranking no Brasil é composto por:

  1. PagSeguro
  2. Cielo
  3. Asaas
  4. Vindi
  5. Pagar.me
  6. Mercado Pago
  7. PayPal
  8. PicPay Pro

A sétima posição, o PayPal, não oferece pagamento com cartão de débito e nem boleto, porém por ser uma carteira digital, você pode transacionar em outras moedas, com conversão local, com uma taxa de juros de 3 a 4,5% e taxa de serviço de 4,99%.

Interface gráfica do usuário, Texto, Aplicativo, Email
Descrição gerada automaticamente

Uma outra opção, ainda não disponível no Brasil, é o Cash On Delivery (COD), onde o pagamento é realizado na entrega do produto, e geralmente essa opção precisa ser atualizada manualmente na plataforma. Aqui no Brasil, alguns serviços têm essa opção, mas em e-commerces ainda não.

Falando um pouco mais das outras opções, em segundo vem o boleto, também queridinho dos brasileiros mais conservadores, por ser um documento que pode ser impresso e pago em bancos ou lotéricas (online tbm), e pode ser “arquivado”. Atualmente, temos pagamentos via boleto parcelado, isso mesmo, você passa por uma aprovação para conseguir parcelar suas compras no boleto, e isso ajuda a não comprometer o limite dos seus cartões!

Logo após vem as carteiras digitais, que nada mais é do que o cadastro do seu cartão em dispositivo móveis, que funcionam com NFC e também a criação de cartões virtuais, para reduzir a tentativa de fraude e clonagem:

Interface gráfica do usuário, Aplicativo
Descrição gerada automaticamente

Nessa modalidade é preciso apenas aproximar o celular na maquininha.

E agora falaremos da mais nova sensação dos meios de pagamentos: o Pix.
Não só para meios de pagamentos, mas também para todos os brasileiros que utilizam essa modalidade, que é instantânea, e o melhor, sem nenhum custo!

O Pix foi lançado pelo Banco Central do Brasil em fevereiro se 2020, e essa modalidade garante a transferência e pagamentos em até 10 (dez) segundos! Recentemente, essa inovação foi premiada na Fintech & RegTech Global 2021 Awards.

Paralelo a isso, temos gateways de pagamento no Brasil com captação em BRL (real brasileiro) e distribuição em outras moedas (USD=dólar americano e EUR=euro). Esses gateways são especializados em comércios eletrônicos internacionais, e alguns ainda oferecem o split de pagamento, separando e enviando cada valor a um destino diferente, em moedas diferentes (se necessário).

Qual a sua estratégia para o seu negócio aqui no Brasil? Conta pra gente!

*fonte:
https://edgardunn.com/2022/02/selling-online-in-brazil-what-every-cross-border-merchant-should-know/ https://www.spcbrasil.org.br/uploads/st_imprensa/release_compras_parceladas4.pdf

Posts Similares

Fale com nossos especialistas e saiba como podemos ajudar sua empresa a crescer e prosperar no Brasil.

Por favor, conte-nos sobre seu projeto para receber retorno.